Latest News

Liked this article?
See here the list of latest news published by Servdebt. We have more articles that may be of interest.

2014-08-28 | Market Overview
Bank of Greece Sets Out Policy on Handling Troubled Retail Loans
2014-07-24 | Market Overview
Profit recovery picks up at Spain’s Sabadell, Bankinter
2014-07-21 | Market Overview
Spain’s Notes on Seven-Day Winning Run as ECB Insulates Markets
2014-07-17 | Market Overview
European bank stocks diverge from credit
2014-07-16 | Market Overview
Portugal Raises 1.25 Billion Euros in Treasury Bill Auction
2014-06-06 | Market Overview
Dívida portuguesa é a favorita do Goldman Sachs após medidas do BCE

Share
O pacote de medidas apresentado pelo BCE convenceu o Goldman. O banco diz que o prémio de risco da dívida nacional face à Alemanha vai cair dos actuais 118 pontos para 20 a 30 pontos nos próximos 12 meses.
O Goldman Sachs acredita que o "cocktail" de medidas apresentadas pelo BCE na quinta-feira, dia 5 de Junho, vai ter um impacto positivo para o crescimento económico e para o combate contra os riscos de inflação baixa ou mesmo deflação.
 
Um dos efeitos será uma forte compressão dos prémios de risco da dívida pública para níveis nunca vistos desde o início da crise financeira. Além de aumentarem a confiança dos investidores, as medidas vão intensificar a busca por activos com maior rentabilidade, o que comprimirá as taxas de juro.
 
O Goldman diz que as medidas são uma "forma poderosa" de ancorar as taxas de juro de curto prazo nos próximos anos. "Isto deverá levar a uma continuação da compressão dos prémios de risco dos países da periferia", afirma o Goldman, em nota de investimento a que o Negócios teve acesso.
 
O banco acredita que no prazo a três anos, a dívida de Portugal, Espanha e Itália vai nos próximos 12 meses estreitar o "spread" face à Alemanha para 20 a 30 pontos base. Neste momento, a Alemanha "paga" cerca de 0,08% por dívida a três anos e Portugal 1,26%, o que significa que o "spread" é de 118 pontos base.
 
O "spread" a três anos de Espanha é, neste momento, de 66 pontos base e o de Itália de 74 pontos base, o que indica que é na dívida portuguesa que existe maior potencial para alívio dos juros, na visão do Goldman.
 
Inflação, euro e bolsas
"Também estamos confiantes quanto à capacidade destas medidas de gradualmente erguerem as expectativas de inflação, à medida que o seu efeito chega à economia real", confia o Goldman.
 
O banco está confiante de que "a comunicação [do BCE] deverá apoiar o sentimento de mercado e as perspectivas de mais acomodação [da política monetária] deverão travar uma apreciação da taxa de câmbio do euro". Draghi deixou a porta aberta para mais medidas – potencialmente um programa de compra de activos de larga escala – "se for necessário".
 
Os mercados accionistas na Europa também irão beneficiar, acredita o Goldman. As medidas contribuem para dar maior segurança ao Goldman quanto à probabilidade de os índices accionistas chegarem às estimativas do banco. "No entanto, não vamos rever as estimativas tendo em conta quanto os prémios de risco já desceram", afirma o banco.
 
Share
Latest News
  • 2014-11-21
    As Amizades que se usam por aí
    A palavra amizade deriva do latim Amicus e mais não é do que uma relação de afetividade entre duas pessoas, cuja característica primordial é o altruísmo. É suposto existir sem esperarmos do “outro” qualquer benefício.
  • 2014-09-19
    O esquema Ponzi Institucional
    Muito se tem ouvido falar, desde 2008, do famoso esquema Ponzi. O esquema toma a designação de um cidadão italiano de nome Carlo Ponzi que, no início dos anos 20 do século passado, se tornou famoso por defraudar investidores americanos ao vender-lhes a promessa de retornos de 50% em 45 dias ou de 100% no prazo de 90 dias.
  • 2014-08-22
    O poder de um nome
    Durante quase um século o nome Espírito Santo foi sinónimo de poder, de respeitabilidade, de segurança. Clientes, investidores e Estado, confiavam nas suas decisões e nas opiniões que emitiam sobre quase todos os temas nacionais.
  • 2014-07-03
    Servdebt atinge 3,5 mil milhões de carteira de crédito sob gestão
    A empresa ganhou no final do semestre a gestão de 800 milhões de bancos nacionais e estrangeiros. A Servdebt ganhou a gestão de 800 milhões de euros de carteiras de crédito em incumprimento no final do primeiro semestre deste ano, tendo subido para 3,5 mil milhões de euros o montante de activos geridos pela empresa.
  • 2014-06-20
    A Seleção como reflexo do país
    Portugal perdeu o primeiro jogo do mundial de 2014 com a Alemanha. Não foi uma simples derrota, sempre possível atendendo a que jogamos com uma das equipas candidatas ao título e claramente uma das favoritas.
  • 2014-05-16
    Dream Big
    “Um sonho grande dá o mesmo trabalho do que um sonho pequeno – então porque não pensar grande?” – A frase é atribuída ao empresário Jorge Paulo Lemman e paira como mantra nos negócios que ele e os seus sócios, Marcel Telles e Carlos Alberto Sicupira criaram, desenvolveram e os transformaram em líderes mundiais. É este sonho, esta ambição, este inconformismo permanente, que transformou uma empresa falhada, sem gestão profissional, com gastos exorbitantes e receitas paupérrimas, na maior multinacional cervejeira do mundo.
Highlight

Servdebt uses an advanced technology developed in house to improve the management of non performing loans and that integrates loan accounting, servicing, asset management and investor reporting into a single system.

Read More
Servdebt Properties