Latest News

Liked this article?
See here the list of latest news published by Servdebt. We have more articles that may be of interest.

2014-08-28 | Market Overview
Bank of Greece Sets Out Policy on Handling Troubled Retail Loans
2014-07-24 | Market Overview
Profit recovery picks up at Spain’s Sabadell, Bankinter
2014-07-21 | Market Overview
Spain’s Notes on Seven-Day Winning Run as ECB Insulates Markets
2014-07-17 | Market Overview
European bank stocks diverge from credit
2014-07-16 | Market Overview
Portugal Raises 1.25 Billion Euros in Treasury Bill Auction
2014-06-11 | Market Overview
Empréstimos da banca a famílias voltam a perder peso face a crédito a empresas

Share
Em Abril, foi concedido mais crédito a particulares. Chegou, até, o valor mais elevado do ano. Mas os empréstimos a empresas avançaram a um maior ritmo e continuam a dominar, graças ao financiamento a projectos de grande dimensão.
 
A banca concedeu mais empréstimos em Abril do que no mês anterior. E apesar do crescimento nos créditos a particulares para o valor mais alto de 2014, foi o comportamento dos empréstimos a empresas, mais precisamente a projectos de grande dimensão, que determinou o maior montante de crédito financiado.  
 
O valor total dos novos financiamentos à economia por parte dos bancos atingiu os 4,69 mil milhões de euros em Abril, o que representa uma subida de 11,4% em relação ao mês anterior (quando se tinha registado uma quebra de 12,8%), segundo os dados divulgados esta quarta-feira 11 de Junho pelo Banco de Portugal. Em Abril de 2013, foram cedidos 4,5 mil milhões de euros em crédito à economia. Apesar da melhoria, o número do mês de Abril deste ano não foi suficiente para superar os valores de Fevereiro.
 
A grande fatia do crédito concedido continua a ter as empresas como grandes beneficiárias. As empresas até ganharam força, com um crescimento de 12,9% para 4,08 mil milhões de euros. O seu peso subiu de 85,8% do total de crédito, em Março, para 86,9%, no mês seguinte. Foi o primeiro ganho de quota depois de dois meses em queda. Ainda assim, a subida deve-se essencialmente aos projectos de maior dimensão, que envolvem empréstimos superiores a 1 milhão de euros, já que os de montante inferior àquele valor viram os novos financiamentos diminuírem.
 
Crédito a famílias sobe a ritmo mais lento
 
O crédito da banca aos particulares também cresceu em Abril. Só que a um ritmo menor: 2,5%. Foi o terceiro mês consecutivo de aumento do financiamento, embora verificando-se um abrandamento face às subidas de Fevereiro e Janeiro (9% e 10%, respectivamente). Foram financiados empréstimos no valor global de 615 milhões de euros, o montante mais elevado desde Dezembro do ano passado.
 
O grande impulso veio do crédito para outros fins, como saúde, energia ou educação, sendo que as novas operações de empréstimos à habitação e consumo até recuaram.
 
Em termos proporcionais, estando 86,9% dos novos créditos concedidos em Abril dedicados às empresas, os particulares ficaram com 13,1% dos novos empréstimos. Foi um recuo face à quota superior a 14% registada em Março e que representava a mais elevada desde Agosto de 2012.
 
Share
Latest News
  • 2014-11-21
    As Amizades que se usam por aí
    A palavra amizade deriva do latim Amicus e mais não é do que uma relação de afetividade entre duas pessoas, cuja característica primordial é o altruísmo. É suposto existir sem esperarmos do “outro” qualquer benefício.
  • 2014-09-19
    O esquema Ponzi Institucional
    Muito se tem ouvido falar, desde 2008, do famoso esquema Ponzi. O esquema toma a designação de um cidadão italiano de nome Carlo Ponzi que, no início dos anos 20 do século passado, se tornou famoso por defraudar investidores americanos ao vender-lhes a promessa de retornos de 50% em 45 dias ou de 100% no prazo de 90 dias.
  • 2014-08-22
    O poder de um nome
    Durante quase um século o nome Espírito Santo foi sinónimo de poder, de respeitabilidade, de segurança. Clientes, investidores e Estado, confiavam nas suas decisões e nas opiniões que emitiam sobre quase todos os temas nacionais.
  • 2014-07-03
    Servdebt atinge 3,5 mil milhões de carteira de crédito sob gestão
    A empresa ganhou no final do semestre a gestão de 800 milhões de bancos nacionais e estrangeiros. A Servdebt ganhou a gestão de 800 milhões de euros de carteiras de crédito em incumprimento no final do primeiro semestre deste ano, tendo subido para 3,5 mil milhões de euros o montante de activos geridos pela empresa.
  • 2014-06-20
    A Seleção como reflexo do país
    Portugal perdeu o primeiro jogo do mundial de 2014 com a Alemanha. Não foi uma simples derrota, sempre possível atendendo a que jogamos com uma das equipas candidatas ao título e claramente uma das favoritas.
  • 2014-05-16
    Dream Big
    “Um sonho grande dá o mesmo trabalho do que um sonho pequeno – então porque não pensar grande?” – A frase é atribuída ao empresário Jorge Paulo Lemman e paira como mantra nos negócios que ele e os seus sócios, Marcel Telles e Carlos Alberto Sicupira criaram, desenvolveram e os transformaram em líderes mundiais. É este sonho, esta ambição, este inconformismo permanente, que transformou uma empresa falhada, sem gestão profissional, com gastos exorbitantes e receitas paupérrimas, na maior multinacional cervejeira do mundo.
Highlight

Servdebt uses an advanced technology developed in house to improve the management of non performing loans and that integrates loan accounting, servicing, asset management and investor reporting into a single system.

Read More
Servdebt Properties